Ingles Verde Amarelo

Blog de Antônia Veras (67)

Não vivo sem ti



Enternece-me tua lhaneza,
emociona-me teu doce olhar,
não sei viver sem tua fineza,
teu alento me faz vicejar.

Ama-me assim, com serenidade,
tuas mãos deslizando por mim,
teus lábios nos meus com suavidade,
e eu inteira entregue a ti enfim...

Adicionado por Antônia Veras em 2 julho 2009 às 20:00 — Sem Comments

Obrigada Senhor !

Agradeço, Senhor



Obrigada, Senhor,

pela vida que me deste...

Canto em teu louvor.



Obrigada, Senhor,

pelos filhos que tive.

Agradeço pelo amor.



Obrigada, Senhor,

porque curaste meu corpo.

Sinto o teu candor.



Obrigada, Senhor,

pelos amigos que conheci.

Foste o causador.



Obrigada, Senhor,

porque nasci no seio desta família.

Sem ela tudo seria desolador.



Obrigada, Senhor,

pelos… Continuar

Adicionado por Antônia Veras em 2 julho 2009 às 18:16 — 14 Comentários

LUA NUA!!! ** A QUATRO MÃOS**

..Sou eu, tua permanente espera, prata do teu brilho, bardo da tu alma!





...Sou eu o eterno, mais que amante, o ser do solo e solfejo, do desejo!







Por fases sou fada ou feiticeira... Envolvo-te em meus braços...

Neste doce mistério...Onde a alma inspira e encanta...

Os eternos enamorados...



...Fada ou feiticeira, és meu abraço, meu enlace, minha pele;



...És o caldo e o favo de que… Continuar

Adicionado por Antônia Veras em 2 julho 2009 às 3:12 — 1 Comentário

Foto montagem



click to create your…
Continuar

Adicionado por Antônia Veras em 26 abril 2009 às 17:30 — 2 Comentários

PALETA NAS MÃOS DE DEUS



Continuar

Adicionado por Antônia Veras em 27 março 2009 às 22:00 — 12 Comentários

kiss

beijo Muaaaah… Antônia * Ursulina *Veras *** beijou você…



Continuar

Adicionado por Antônia Veras em 28 fevereiro 2009 às 20:30 — Sem Comments

Não achas aqui um lugar tranqüilo

Não achas aqui um lugar tranqüilo

Para sentarmos e contemplarmos

As brisas passarem,

Os pássaros cantarem,

O beija flor, o beija flor

E o seu insaciável amor.

Aqui não é o lugar mais certo

Para que os desacertos

Sejam corrigidos

E caia chuva, e vente os aromas.

No único lugar próprio do mundo

Para se pensar a calma,

Para se falar com alma

Pra se deixar chorar

Os olhos e o coração.

Aqui sob o alpendre natural da…

Continuar

Adicionado por Antônia Veras em 28 fevereiro 2009 às 20:00 — 10 Comentários

IVA no Twitter

© 2019   Criado por Christopher O'Donnell.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço